17/02/2021

Como se preparar para o concurso de auxiliar de necropsia?

Por admin

Preparamos algumas dicas para você obter a sonhada aprovação como auxiliar de necropsia

A carreira de auxiliar de necropsia faz parte da carreira policial e oferece cargos em órgãos estaduais e municipais. Preparamos o conteúdo abaixo para que você conheça mais sobre essa profissão e conquiste sua vaga!

O que faz um profissional de necropsia?

O profissional auxiliar de necropsia dá assistência ao médico legista durante a realização do exame e na análise da causa mortis. Ele é responsável em receber e registrar os corpos, aferir dados antropométricos, tanatológicos e lesões, realizar a coleta das impressões digitais, abertura das cavidades, preparar a sala de necropsia, limpar os instrumentos necessários, e fazer após a desinfecção do local e dos instrumentos utilizados no procedimento necroscópico. Uma necropsia pode ser realizada em 30 minutos, como também entre 1 e 2 horas, não sendo possível precisar o tempo exato necessário para a sua execução.

Para trabalhar como auxiliar de necropsia, será necessário prestar um concurso público para a Polícia Civil. Ao serem aprovados, esses profissionais seguirão a carreira policial, a qual podemos afirmar ser uma carreira pública estadual. Além disso, esse profissional da necropsia também poderá prestar um concurso para o SVO (Serviços de Verificação de Óbito) das prefeituras, seguindo dessa forma a carreira pública municipal.

O salário médio de um Auxiliar de Necropsia da carreira pública estadual é de R$5.000,00. Já o da carreira pública municipal pode variar de R$1.800,00 a R$2.500,00. Esses valores podem se alterar de acordo com a região de atuação. A carga horária para o Auxiliar de Necropsia é de 40h semanais, podendo ser acordado o regime de escala em alguns estabelecimentos.

Além disso, também será possível que esse profissional atue em funerárias, hospitais e laboratórios.

Como se preparar para o concurso de auxiliar de necropsia?

Para você que quer conhecer mais e se preparar muito bem para o concurso público de Auxiliar de Necropsia, preparamos as dicas abaixo!

●    Busque muitas informações sobre a carreira

É muito importante conhecer a carreira e as atribuições do cargo de Auxiliar de Necropsia, entendendo todas as suas atribuições e oportunidades de trabalho.

Hoje em dia é possível assistir a muitos vídeos, também com os profissionais da área, e obter muitos materiais para aprofundar o seu conhecimento nesta oportunidade da carreira policial.

Você também poderá ver muitas fotos para se familiarizar com a profissão.

Uma outra dica, é entrar em contato com profissionais que já exercem o cargo de Auxiliar de Necrópsia, seja em órgãos estaduais ou municipais. Isso fará com que você conheça mais profundamente o cotidiano do trabalho e tire as possíveis dúvidas.

●    Vá além da recompensa salarial

O cargo de auxiliar de necropsia vai muito além do que ter um salário atrativo. É preciso ter em mente que será prestado um serviço social. Isso acontece pois, ao investigar casos, juntamente com o médico legista, você informará às famílias a causa da morte (causa mortis) daquela pessoa que era importante para elas. Você ajudará também a desvendar diversos casos e estará auxiliando, e muito, a sociedade. Claro que o salário chama a atenção, mas é preciso ir além e ver o bem social que será prestado através de um trabalho feito com excelência.

●    Conheça a banca e o tipo de prova

Com as informações sobre a carreira em mãos, é hora de se inteirar do tipo de prova e conteúdo que será exigido. Cada banca aplicadora de provas de concursos públicos tem seu método e suas características de avaliação, então, é muito importante pesquisar quais são as bancas que normalmente aplicam a prova do órgão de interesse e estudar muito, respondendo a simulados e provas anteriores.

Ter essa experiência será muito positivo para ir bem quando for realizar a sua prova.

●    Siga um planejamento de estudos

Quando se está estudando para concursos públicos, ter um planejamento de estudos para seguir pode fazer a diferença na hora de garantir sua vaga na carreira pública. Um exemplo desse planejamento é dividir seu dia em blocos de tempo, de 30 minutos ou 01 hora, preencher com as suas atividades diárias e incluir o tempo de estudo de cada matéria que cairá na prova. Em uma busca na internet você também encontrará muitas dicas de como estudar melhor e montar um cronograma de estudos que o ajude a alcançar esse objetivo.

●    Se prepare para o Teste de Aptidão Física (TAF)

Como o cargo de auxiliar de necropsia integra a carreira policial, o candidato também deverá se preparar para o Teste de Aptidão Física (TAF). Esse teste tem como objetivo avaliar as habilidades físicas do candidato em determinados exercícios, que podem ser de força, resistência e velocidade, de acordo com o cargo que irá exercer. Normalmente as exigências são diferentes para homens e mulheres. Para se preparar bem para essa avaliação é necessário conhecer os exercícios que serão exigidos e, se possível, com a ajuda de um profissional da área, realizar treinos preparatórios.

●    Fazer cursos na área

Estudar é a palavra para se passar em um concurso público. A Signum, expert em cursos e concursos públicos, é a pioneira no ramo de Ciências Mortuárias, tendo criado a metodologia em 2011, quando uniu ao curso de auxiliar de necropsia os cursos de tanatopraxia e necromaquiagem. Devido à portaria emitida em 13/05/2015 pela Polícia Científica, que exigiu o conhecimento de papiloscopia nos concursos públicos para os cargos de auxiliar de necropsia, a Signum Cursos e Concursos Públicos, sempre focada em ministrar conteúdos com excelência aos seus alunos, incluiu na grade curricular do curso de Ciências Mortuárias o conteúdo de papiloscopia. Portanto na Signum Cursos o aluno além de estudar a Necropsia, a Tanatopraxia, a Necromaquiagem, o Agenciamento Funerário e a Reconstrução Facial, estudará também a Papiloscopia. O curso tem duração de 12 meses, sendo autorizado pela Lei 9.394/96, a LDB (Lei de Diretrizes e Bases), promulgada em 1996 no governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso.

O que é preciso para ser um auxiliar de necropsia?

Para exercer a função de auxiliar de necropsia, é necessário ser aprovado e classificado em concurso público, devendo o candidato ter idade mínima de 18 anos, ensino médio completo, sem antecedentes criminais e com as últimas obrigações militares (se homem).

Para ser aprovado no concurso público para auxiliar de necropsia o ideal é que o candidato faça um curso preparatório. A Signum Cursos ministra o curso de Ciências Mortuárias, que se trata de uma Metodologia de Ensino de autoria do Prof. Sergio Portela, tendo como objetivo ensinar 6 profissões dentro de um único curso, são elas: Auxiliar de Necropsia, Papiloscopia, Tanatopraxia, Agenciamento Funerário, Necromaquiagem e Reconstrução Facial. Você pode conhecer melhor cada uma delas neste artigo.

Pensando no sucesso e aprovação dos alunos, além das matérias de Anatomia e Fisiologia Humana, a Signum incluiu as disciplinas de português, matemática, biologia, informática e noções de direito, disciplinas essas que são exigidas no concurso público para auxiliar de necrópsia e também para papiloscopista.

Então, o aluno que fizer o curso de ciências mortuárias da Signum estará se preparando para várias carreiras no ramo, tanto no setor privado quanto no setor público, que estão em pleno crescimento.

Por que tem aumentado a necessidade do profissional de necropsia?

Em São Paulo, o último concurso para auxiliar de necropsia da Polícia Civil ocorreu em 2014. Na ocasião foram abertas vagas em diversas cidades do Estado, incluindo a capital.

Com a intensificação da demanda por esse profissional, o número de pessoas qualificadas e aprovadas para tal acaba sendo insuficiente, comparado à quantidade de trabalho a ser realizado.

No concurso de 2014, o salário para a função de auxiliar de necropsia era de R$ 3.256,40, para uma jornada de 40 horas semanais. Claro que o salário chama a atenção, mas para esse profissional é preciso ir além do salário, e ver o bem social que será prestado através de um trabalho feito com excelência, pois, ao investigar casos, juntamente com o médico legista, o auxiliar de necropsia informará às famílias a causa da morte (causa mortis) daquela pessoa que tanto era importante para elas.

 

Concluindo, para se preparar para o concurso de auxiliar de necropsia é necessário pesquisar muito sobre a carreira, ir além da recompensa salarial e pensar no serviço social que irá oferecer à sociedade e às famílias, conhecer bem o tipo de prova que será aplicada, seguir um planejamento de estudos, se preparar para o teste de aptidão física e estudar muito, fazendo cursos na área.

O curso de Ciências Mortuárias, que inclui a ciência de auxiliar de necropsia, é indicado a todos que tenham interesse pelas áreas que a compõem e pelas funções de cada uma delas. Qualquer pessoa acima de 18 anos e com ensino médio completo poderá ser um aluno do curso, o qual poderá ser presencial, online ou ao vivo. Porém, dependendo da atividade e local de atuação, deverá cumprir requisitos específicos, como ter categoria B da CNH, por exemplo.

Quanto antes começar e melhor se preparar, mais aumentarão as chances do candidato ser aprovado para a vaga de auxiliar de necropsia.

Conheça mais sobre o curso de Ciências Mortuárias da Signum e se prepare para o concurso público para Auxiliar de Necropsia com quem entende do assunto!